Últimas
{"ticker_effect":"slide-v","autoplay":"true","speed":3000,"font_style":"normal"}

Carta atribuída ao Comando Vermelho manda acabar com grupo “1000 graus”, que matou adolescente

Uma carta atribuída a uma facção criminosa que atua em Porto Velho, divulgada  em redes sociais, ordena que integrantes do grupo de motociclista denominado de “1000 Graus” parem de circular nas ruas da capital em comboio, após a morte a tiro do adolescente Arthur Amora Ribeiro, de 13 anos, ocorrida neste domingo (31). A vítima foi baleada na cabeça, enquanto brincava com papagaios, na rua Quintino Bocaiúva, no bairro São Cristovão, região central da capital, e morreu no Hospital João Paulo II.

Na carta, supostamente escrita por integrantes da facção Comando Vermelho, os membros ordenam que sejam efetuados disparos de arma de fogo contra motociclistas do grupo chamado “1000 Graus”, caso circulem pelas ruas de Porto Velho.

Primeiramente um l.r.l.j.u viemos através desse informativo passar a seguinte visão a respeito do grupo de motos (. mil grau) que na data de hj dia 31/07/2022 vieram a balear uma criança inocente de apenas 14 anos de idade por motivo nenhum a partir de hj aonde estiver membros da nossa organização cv rl ro ou em qualquer quebrada do cv está proibido a passagem de qualquer tipo de grupo de motociclistas mal intencionados pois nois do comando vermelho estamos brecando qualquer tipo de grupo de moto aonde se passar por cima da nossa ideia vão todos entrar na bala está bem específicado se desacredita vai morre pq isso que fizeram com essa criança e totalmente fora da ética jamais iremos aceita esse tipo de coisa então o papo e esse a partir de hj aonde pegar esses bonde de motos esta autorizado a taca bala em todos eles sem comédia esta totalmente proibido se nao o trem 🚆 vai passar por cima grupo mil grau acabou pra vcs ass. família comando vermelho do estado de rondônia 🚩🚩 tudo 2 nao passa nada 🚩🚩🚩

jaruonline

Compartilhe nas Redes Sociais